Arquivo de fevereiro, 2011

O Tempo de Deus

Publicado: 25/02/2011 em Estudos Bíblicos

Leia o Salmo 37:5

“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará.”

Um dia, aprendi uma importante lição sobre a confecção de um bolo. Depois de misturar todos os ingrediente, despejei a massa na assadeira e a coloquei no forno. Depois de 40 minutos, o bolo cheirava tão bem que não pude evitar olhar pelo vidro do forno. Vi que ele tinha crescido e parecia pronto. Então desliguei o forno e tirei o bolo. Chamei minha mãe, mostrei-lhe o bolo e pedi que o provasse. Mas, quando ela o cortou, percebeu que a parte central não estava completamente assada. Ela disse que eu deveria ter deixado o bolo assando mais cinco minutos. Essa experiência fez-me lembrar do quanto nós somos impacientes quando esperamos a resposta de Deus às nossas orações. Minha impaciência para tirar o bolo do forno é como a nossa atitude para com Deus. Nós frequentemente queremos dEle uma “solução rápida”, quando uma resposta apressada pode deixar as coisas piores. Com frequencia preciso me lembrar que Deus é sempre pontual, nem atrasa nem adiantado demais para ajudar. Podemos confiar que Ele quer o melhor para nós e que acabaremos por ver a Sua glória.

Oração: Senhor Deus, perdoa nossa impaciência. Faz-nos lembrar de que o nosso tempo não é i Teu tempo e qeu Tu desejas sempre o melhor para nós. Em nome de Jesus. Amém.

Medite: Isaías 44

Oremos por paciência.

Anúncios

Humor Gospel

Publicado: 23/02/2011 em Humor Gospel, Séries Jorae

Lembrando que algumas imagens não passam de apenas uma brincadeira, mas outras demonstram uma lição para cada um de nós.

CHAMADO

1 – Tem pessoas que pouco se importam com o que Deus tem para falar…

2 – Já outras afirmam que foi a melhor coisa que já aconteceu…

RELACIONAMENTO

Você diz ser amigo de Deus?

Méritos para o site: Um Sábado Qualquer (Clique aqui e entre no site)

Deus te abençoe,

Convite para você

Publicado: 21/02/2011 em Eventos

ATENÇÃO FAMÍLIA JORAE…ESTÁ IMPERDÍVEL O CONVITE DE HOJE!!!

Nesta quinta-feira na Igreja de Cristo na Aldeota às 20:00h estarão o Ministério Em Sua Presença e Pastor Calos Queiroz juntos. É isso mesmo, JUNTOS! Fantástico isto…

Para quem não conhece o Ministério Em Sua Presença, aqui está uma breve introdução: O ministério Em Sua Presença nasceu do desejo de um casal em ouvir o coração de Deus de forma intensa e comprometida à serviço da Igreja e do Reino. Estabelecer a centralidade de Jesus Cristo na adoração através do ensino e treinamento dos ministérios da igreja local é o chamado do ministério Em Sua Presença. Através da Escola de férias, Escola na igreja, Conferência Em Sua Presença, e Uma noite Em Sua presença, o ministério oferece suporte às igrejas afim de que o Espírito de Deus traga o entendimento da importância da adoração e do compromisso com o culto á pessoa de Jesus.

Acesse o site do ministério: http://www.emsuapresenca.com.br/index.html

Cartaz Convite

Em Cristo Jesus,

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)


Atenção Família JORAE… Hoje estamos terminando o módulo Oração no Discipulado Sem Fronteiras. Graças a Deus com muito sacrifício até aqui nos ajudou o Senhor, e por isto estamos alegres! Não existe melhor do que concluir com a oração do Pai nosso. Então, fique ligado.

Obs.: Na sexta que vem estaremos dando início a mais um módulo que tem grande relação com o JORAE

30) Oração de Jesus

Jesus não ensinou “o que orar”, mas “como orar”, proibindo de repetir a mesma oração (nos evangelhos, são semelhantes):

INDICA:

a) Filiação Divina – Pai-Nosso (Is. 63:16; Gl. 4:4-7; Hb. 12:8; Jo. 16:27)

b) Exaltar nome de Deus – Santificado teu nome e não o nome de pessoas como se fossem santos (Ne. 9:5; Sl. 71:22; Sl. 113:2-3; Rm. 8:29)

c) Estabelecimento Real – Venha Reino (Sl. 145:11-13; Mt. 6:33; Hb. 12:28; Mt. 6:10; 1 Jo. 3:2-3)

d) Submissão – Tua vontade na terra e no céu (Mt. 6:10; At. 13:22; 1 Jo. 2:17; Ef. 1:4-5; Sl. 40:8; Rm. 8:26-27)

e) Provisão – Pão cada dia hoje (Fp. 4:19; Ex. 23:25; Mt. 6:25,26,31; Sl. 127:2; 2 Co. 9:10)

f) Perdão Pessoal – Perdoa nossas dívidas (Mt. 6:12; Sl. 139:23-24; Rm. 4:7-8)

g) Perdão aos outros – Assim como perdoamos os ofensores (Mt. 6:12; Cl. 3:13; Mc. 12:31)

h) Proteção – Não deixes cair em tentação (1 Co. 10:13; Tg. 1:12)

i) Libertação – Livra do mal (Gl. 1:4-5; Sl. 18:2)

j) Exaltação – Teu Reino, glória e poder (Sl. 57:5; 34:3; Is. 25:1)

É isso aí galera… Enfim, terminamos o primeiro módulo do Discipulado. Espero que tenha ajudado vocês um pouco sobre o estudo da Oração!! Em breve, estarei disponibilizando os slides que preparei para ministrar as aulas da Escola Bílbica Dominical (EBD) na Igreja de Cristo sobre Oração.

Deus abençoe a vida de cada um.

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)


Há muito tempo, viajando pelo interior, seguia um velho que vinha montado em seu jumentinho, conduzido por seu netinho, que puxava o animal pelo cabresto. Aquela jornada estava longe de ser um lazer. Eles tinham como finalidade ir a uma feira na cidade grande, onde tentariam vender o animal de estimação e conseguir dinheiro para o sustento do velho e seu único neto, órfão de pai e de mãe.

E assim seguiram caminho afora. Ao passarem por um vilarejo, e tendo em vista haver ali muitas pessoas, logo começaram as críticas:

“Que absurdo!”, falava aquela gente, com os ânimos bastante exaltados ao ver a criança a pé e o velho montado no jumento. “O juizado da infância e da juventude tem de saber disso e tomar as devidas providências! Como pode uma coisa dessas? Que desnaturado!”, comentavam.

Sentindo-se desconfortável diante daquela situação tão constrangedora, o velhinho de pronto trocou de posição com o menino, que agora seguia montado no jumento com o avô puxando o animal. “Bom, agora certamente acho que ninguém ficará chocado, nem falará nada!”, pensou ele.

E assim tocaram em frente sua jornada. Mas, ao entrarem num novo vilarejo, novamente ouviram novas críticas:

“Que absurdo! Coitado do velhinho! Ele é quem tinha de estar montado sobre o jumento, não o menino! Isso não é possível! Que mundo é esse onde ninguém respeita o estatuto do idoso? Aonde nós vamos parar?”, era o que se ouvia.

E novamente o bom velhinho, quase sem saber mais o que fazer, fez outra troca. Sentou-se sobre o jumentinho com o menino e, assim, continuaram sua jornada.

Na cidade seguinte, os comentários foram muito mais fortes:

“Olhem que absurdo! Coitadinho do pobre jumento, carregando esses dois marmanjos! A sociedade protetora dos animais devia tomar alguma providência!”

Moral da história: nunca será possível agradar a todos. Quem insistir, certamente será um frustrado na vida.

Testemunho

Publicado: 13/02/2011 em Estudos Bíblicos

Vou começar de onde importa, de quando conheci a pessoa que mudou a minha vida.
Não superei completamente meus problemas, mas estou lutando.
Não é uma história perfeita.

Eu era ateu e vou falar da minha mudança.
Tudo começou quando eu fazia uma disciplina na faculdade, reparei em uma colega minha, pela beleza, pelo olhar, pela postura e pela forma de se expressar.
Um dia no ônibus eu tive coragem e acabei falando com ela, depois disso passei muito tempo sem falar com ela em parte por timidez e em parte por ter pouco contato com ela na faculdade.
Dois anos depois obtive o e-mail dela e disse que queria uma oportunidade de ser amigo dela.
Nisso eu tentei falar com ela, mas eu acabei estragando tudo com minha ansiedade.
Eu acabei presionando ela que disse o motivo de não falar comigo, ela jogou contra mim uma coisa que eu tinha dito dois anos antes, o fato de eu ser naquele tempo ateu, esse foi o motivo de ela ter se mantido longe por dois anos.
Depois disso eu passei uns dois meses deprimido e depois de muito sofrimento me tornei cristão.

Aqui cabe um esclarecimento. Minha família nunca foi catolica praticante, apesar disso eu realmente gostei da primeira comunhão e da crisma, mas depois me afastei da igreja e acabei caindo no ateismo.

Mesmo depois de eu ter me tornado um cristão ela tem me tratado com a mesma distância.
Apesar disso eu continuava presionando ela por meio de palavras até que finalmente entendi que não vou ter resultados assim.
Talvez eu ainda posso mostrar a ela quem sou realmente.
Talvez ela não acredite nem em meu amor nem em minha mudança.
Talvez eu seja muito inteligente pra ser feliz e estou sendo sincero.
Talvez eu tenha falado demais e a perdido para sempre, sei que existe essa possibilidade e o mais adulto seria seguir em frente, mas amo essa mulher.
Desde então tenho pensado naquela mulher como um exemplo a seguir e alem disso tenho buscado entender ela.

Não posso dizer o nome dela, mas foi por meio dela que conheci a Jorae.
Meus sentimentos por ela são um pouco confusos.

Ainda que ela nunca mais queira falar comigo espero que ela saiba que foi muito importante na minha vida.
Espero que continue sendo.

As vezes penso em ser um amigo e as vezes penso em namorar com ela.

Resumindo o amor que sinto por aquela mulher me mudou e me colocou de volta no caminho de Deus.
Se não tivesse conhecido ela eu seria ateu até morrer.

O que quero dizer é que o amor pode fazer milagres.

Testemunho de Laercio Angelim de Santana enviado para o e-mail oracaoeevangelismo@yahoo.com.br.


Grande Família JORAE… Atualmente estou dando aulas sobre Oração na Escola Bíblica Dominical (EBD) da minha igreja e lembrei de um grande discipulado, chamado Discipulado Sem Fronteiras, que estava acontecendo no Blog JORAE e resolvi resgatá-lo. Só para vocês terem idéia já estamos na 13ª aula, mas não se preocupem pois estarei colocando os links das aulas anteriores. Aproveitem…

27) Considerações sobre Oração

a) Em nome de Jesus (Jo. 16:23-26)

b) Primeira oração Bíblica (Gn. 4:26)

c) Deus ouve as orações (Sl. 65:2)

d) Espírito Santo ajuda (Rm. 8:26)

e) Temos ajuda de Jesus (Rm. 8:34)

f) Nossas orações chegam aos céus (Ap. 5:8)

g) Orações sobrem para Deus como incenso (Ap. 8:34)

h) Temos obrigação de orar (1 Cr. 16:11; Mc. 13:33)

i) Temo que orar em todo o tempo (Ef. 6:18; 1 Ts. 5:17)

j) Devemos orar toda no Espírito (Ef. 6:18)

k) Resposta é prometida (Is. 58:9; Lc. 11:9)

l) Brevidade na oração (Ec. 5:2; Mt. 6:7)

28) Resultados práticos da oração

Conforme (Fp. 4:6-7; Mt. 7:7-8; Tg. 5:16; Tg. 4:2-3; 1Pe. 3:7; Pv. 28:9)

a) Resultados Psicológicos (Paz de espírito e tranquilidade)

b) Resultados Espirituais (Maior sentido de/da vida)

c) Resultados Concretos (Atendimento real do pedido feito)

29) Soberania de Deus na resposta às orações:

“Bendito seja Deus que não me respondeu”. Deus conhece tudo (Mt. 6:8), mas podemos pedir errado (Tg. 4:3; Rm. 8:26). Se tivermos intenções egoístas, Deus pode dizer não!

a) Quando Deus diz sim (Gn. 25:21; Ex. 2:23-25; Jz. 13:8-9; 2 Rs. 20:5; Lc. 1:13; At. 10:4)

b) Quando Deus diz não (Dt. 3:23-27; 2 Sm. 12:15-20; 2 Co. 12:7-9)

c) Interceda pelo Reino; peça seu mover para: Restaurar, interceder e coopere.

” E oramos para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a obra, e crescendo no conhecimento de Deus” (Colossenses 1:10)

Deus nos abençoe,

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)

Abaixo estão os links das aulas anteriores da matéria “Princípio Bíblico da Oração”

Aula 1 (Clique Aqui)

Aula 2 (Clique Aqui)

Aula 3 (Clique Aqui)

Aula 4 (Clique Aqui)

Aula 5 (Clique Aqui)

Aula 6 (Clique Aqui)

Aula 7 (Clique Aqui)

Aula 8 (Clique Aqui)

Aula 9 (Clique Aqui)

Aula 10 (Clique Aqui)

Aula 11 (Clique Aqui)

Aula 12 (Clique Aqui)