Arquivo de novembro, 2009


Amar e Evangelizar

1 Samuel:1-5

“1- Houve um homem de Ramataim-Zofim, da região montanhosa de Efraim, cujo nome era Elcana, filho de Jeroão, filho de Toú, filho de Zufe, efraimita. 2- Tinha ele duas mulheres; o nome de uma era Ana, e o da outra, Penina. Penina tinha filhos, mas Ana não os tinha. 3- Subia este homem da sua cidade de ano em ano para adorar e sacrificar ao Senhor dos Exércitos em Silo. Assistiam ali os sacerdotes do Senhor, Hofni e Finéias, os dois filohs de Eli. 4- No dia em que Elcana sacrificava, dava porções do sacrifício a Penina, sua mulher, e a todos os seus filhos e filhas. 5- A Ana, porém, dava porção dupla, porque ele a amava, ainda que o Senhor lhe tivesse cerrado a madre”

Primeiramente, agradeço acima de tudo a Deus por ter colocado em minha vida pessoas que tem me incentivado a continuar escrevendo neste site. Tenho passado por dificuldades, sem saber o que deveria escrever, precisava da direção de Deus. Cerca de 19 dias sem escrever nada, não porque Deus não estava a frente, mas devemos aprender que o silêncio Dele também é uma resposta. Louvo ao Senhor por ter levantado a Allynne e a Karine para sugerirem estudos sobre a vida de Samuel. Creio que Deus as usou para isto. Desta forma, você que lê este site constantemente, esteja preparado para uma seqüência de estudos sobre o livro de Samuel, pois acredito que Deus falará ao seu coração de uma forma tremenda.

Logo no primeiro capítulo de 1 Samuel, já podemos extrai ensinamentos e comportamentos cristãos que devemos ter em nossa vida. Infelizmente vivemos em um mundo perdido que já és do maligno, mas não pense que caímos de pára-quedas nesta geração. Deus pôs em nossas vidas autoridade e ousadia para SERMOS diferentes e FAZERMOS a diferença. Estamos sempre dispostos a procurar algo para conquistar. Conquistar nota máxima na escola ou faculdade. Conquistar o emprego dos sonhos; Conquistar a casa dos sonhos; Conquistar a mulher ou o homem dos sonhos para um lindo casamento; Conquistar dinheiro; Conquistar fama, status; enfim…Pensamos direto em ter, ter, ter, ter, eu quero, eu quero…e muitas vezes o SER é esquecido.

Existe uma frase que já ouvi várias vezes: “Você é valorizado pelo que você tem e não pelo que você é”. Quem garante isto? Quem confirma estas palavras? Claro, as pessoas que estão no mundo, que ainda não conhecem e nem sentiram a presença de um Deus de amor, vão confirmar esta frase, porém a Palavra de Deus nos revela um Deus que ama pelo que você é, mesmo você sendo feito do pó da terra (Gênesis 2:7), você estando cansado e sobrecarregado (Mateus 11:28), mesmo você sendo fraco Ele revela que seu poder se aperfeiçoa em nossa fraqueza (2 Coríntios 12:9), mesmo sua natureza sendo pecaminosa. Só pelo fato de Sua misericórdia se renovar toda manhã sobre nossas vidas já é um grande exemplo de amor e você ainda imagina em dar o seu filho unigênito para morrer por mim e por você em uma cruz, nunca na história existiu e nunca irá existir uma prova de amor maior. Vemos de Gênesis a Apocalipse um Deus que te ver pelo que você é, e não pelo que você tem.

Primeira lição que vamos tirar deste capítulo é sobre tudo isto que você acabou de ler. Veja o texto bíblico mencionado no início, o que mais me chamou atenção nesta passagem foi a postura de Elcana em relação à distribuição das porções. O fato de Elcana alimentar sua esposa Penina e seus filhos e de dar porção dupla para Ana, mesmo sabendo que o Senhor tinha cerrado a madre me surpreendeu. A explicação disso tudo está no quinto versículo, Elcana a amava. Penina tinha filhos e Ana não, mas vemos a postura de um homem que não valoriza pelo que a pessoa tem, mas pelo que a pessoa é, demonstrar seu amor ao distribuir as porções.

Quantas vezes nos preocupamos em agradar aquelas pessoas só porque eles têm algo e desagradamos as que não têm em nosso dia-a-dia, estamos rodeados de interesses. O pior disto tudo é que este fato tem entrado nas igrejas. Parece que já virou comum a existência de pessoas que se sentem excluídas dentro da casa de Deus. Valorizamos o pastor, o ministro de louvor, os obreiros, os diáconos, os presbíteros, aquelas pessoas que estão sempre à frente…e aquelas pessoas que sentam no último banco? Por que não conseguimos valorizar da mesma forma? Existem pessoas que são membros de sua igreja, mas não se sentem parte do corpo. Mas por quê? Porque valorizamos as pessoas pelos dons do espírito e não pelo amor. Esquecemos que o primeiro listado dos frutos do espírito santo é o amor (Gálatas 5:22) e que permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor (1 Coríntios 13:13).

Vamos fazer a diferença! Aquela pessoa excluída em seu bairro ou até mesmo em sua congregação precisa do mesmo abraço que você precisa, esta pessoa sente fome da mesma forma que você sente fome, esta pessoa tem sede da mesma forma que você tem sede, esta pessoa precisa de um socorro da mesma forma que você precisa nos dias de aflições. Não é preciso ir longe, basta nos posicionarmos no lugar do outro e perceberemos que não é fácil. Lembre-se que as pessoas não são diferentes, culturas são diferentes. Assim como Jesus, ame as pessoas pelo que elas são e não pelo que elas têm. Sem esperar nada em troca…AME!

Que o amor de Deus transborde em sua vida,

Marcus Queiroz (Líder e Presidente Jorae)

Anúncios