Arquivo de setembro, 2011

Uma carta

Publicado: 19/09/2011 em Sem categoria

PAZ,

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)

JOÃO 3: 16

Publicado: 14/09/2011 em Estudos Bíblicos

Como havia informado no twitter, estarei postando um breve resumo da pregação no Projeto SEMEI – Semana de Mobilização de Evagelismo Intenso em parceria com a Igreja de Cristo no Parque Araxá. Estarei pregando hoje em uma das praças do Parque Araxá a partir das 19:30h. Orem pela minha vida e pela vida de muitos que estarão envolvidos neste projeto. Obs.: A pedidos, tentarei gravar para, em breve, estar postando aqui no blog. Agora vamos ao texto.

JOÃO 3: 16

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Algo me deixa perplexo neste versículo. Uma palavra, um verbo mudou totalmente a minha concepção e responsabilidade diante desta passagem. É notório o quanto Deus demonstra o seu amor por todos diante de tais palavras, mas uma responsabilidade é dada para todos. Porém tal responsabilidade é desprezada por muitos. Talvez pelo fato de recebermos algo de graça, sem nenhum esforço, fomos salvos por intermédio de Jesus Cristo. Enfim… Como esta palavra deu neste versículo levou minha vida pessoal e espiritual para um novo e superior patamar.

É bem simples, mas levou anos para perceber este detalhe. Quando estudamos português, é ensinado que quem dar algo, dar para alguém ou algo que possa receber este. É impossível eu dar algo para uma coisa. Sempre estarei me direcionando a uma pessoa e não a um objeto. Desta mesma maneira, a minha fé não permite que eu acredite que Deus deu Jesus Cristo a cruz, a dois pedaços de madeira. Eu creio que há algo muito mais precioso por trás destas palavras. Quando olhamos para a cruz, vemos um sinal de acusação. Naquela época, eram crucificados aqueles que recebiam acusações diante da sociedade ou das autoridades, conforme a lei da antiguidade. O sinal da cruz representa acusação. Instantes que olho para Cristo na cruz e para este versículo, eu entendo que Deus deu o seu único Filho para mim e para você. A partir da morte de Jesus na cruz, nós recebemos a sua vida em nossa vida.

Eu e você temos a vida de Jesus Cristo em nós!

Para aqueles que crêem não pereça, mas tenham a vida eterna. Porque em nós habita a vida de alguém que não mais está na cruz, não mais está morto, mas vive e vive eternamente.

Quando Deus deu Jesus para nós. Ele nos deu três coisas que nós necessitamos para estar aqui na terra.

“Jesus disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” (João 14: 6)

Deus nos deu O caminho – para que possamos seguir uma vida correta diante de Dele. Não podemos ficar parados porque se pararmos, morreremos. Por isto que Jesus é o caminho, é por este que chegaremos ao Pai e este caminho foi dado a nós.

Deus nos deu A verdade – para que operasse na terra a justiça. A verdade que nos unirá e fortalecerá para superar os dias maus, sendo capazes de destruir a mentira e, conseqüentemente, o pai da mentira. Por isto que Jesus é a verdade e esta habita em nós.

Deus nos deu A vida – para que estivéssemos diante dos homens e entendermos que não somos auto-suficientes. Dependemos de Jesus em nós para que possamos viver e levar vida para muitos outros. Utilizando minha vida como instrumento para que outros vivam. Por isto que Jesus é a vida e esta vida esta dentro de nós.

O que você tem feito com Jesus Cristo durante a sua vida? Ele está em você, e você se percebeu disto? Vale muito a pena olhar para si… Você tem valor porque em você habita o Salvador do mundo.

Que Cristo cresça cada vez mais em nós.

Paz de Cristo,

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)

Reflexão

Publicado: 09/09/2011 em Sem categoria

Mateus 5:7

“Bem-aventurado os misericordiosos, pois obterão misericórdia.”

Os misericordiosos, diz Jesus, demonstraram misericórdia. Eles dão testemunho da graça. São abençoados porque são testemunhas de uma bondade superior. Perdoar os outros nos permite ver como Deus nos perdoa. A dinâmica de distribuir graça é a chave para entende-la, porque é quando perdoamos os outros que começamos a sentir o que Deus sente.

PENSEM NISTO…

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)

Salve sua Geração

Publicado: 06/09/2011 em Estudos Bíblicos

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)

RAIVA

Publicado: 05/09/2011 em Estudos Bíblicos

Tiago 1:19-20 e Naum 1:3a

“Sabei isto, meus amados irmãos: Todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar e tardio para se irar. Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus. O Senhor é tardio em irar-se, e de grande poder, e ao culpado de maneira alguma terá por inocente”

            A bíblia é fantástica! Tudo que necessitamos, existe alguma direção na Palavra de Deus. Se precisamos de um conselho, se precisamos de paz, se não sabemos par aonde ir e necessita de um caminho, a bíblia diz quem é o caminho. Para tantas outras situações, a Bíblia nos mostra a solução. Assim também é com a raiva.

Existem diversos versículos que retratam a ira. No dicionário, esta palavra significa irritação violenta, furor, escuma de raiva e até ódio. Através dela, oportunidades são desperdiçadas, vidas são machucadas e relacionamentos desfeitos. Em toda a minha vida, nunca encontrei pontos positivos na raiva, pois “a ira não opera justiça de Deus”. De fato que por meio da ira, a injustiça é incentivada e onde há injustiça não há verdade.

Deus nos aconselha a sermos tardios para falar e para se irar. Somos humanos, em muitos momentos falhamos e a língua é o instrumento mais fácil para expor a raiva. Por isto “o que guarda a sua boca preserva a sua alma, mas o que muito abre os seus lábios tem perturbações” (Provérbios 13:3). “Há alguns cujas palavras são como pontos de espada, mas a língua dos sábios é saúde.” (Provérbios 12:18)

O que pode se aproveitar da raiva? Será que vale a pena se irar? “Não te apressas no teu espírito a irar-te, pois a ira abriga-se no seio dos tolos” (Eclesiastes 7:9). Bem sei o quanto é difícil em alguns momentos não ter raiva. Jesus Cristo também se irou, Ele também foi homem, mas era Deus. Porém Jesus não pecou. Foi perfeito em todo o seu caminhar e assim como Paulo foi, nós devemos ser imitadores de Cristo. Tendo a consciência que vamos ter raiva, mas esta não é desculpa para pecarmos. Por isto “irai-vos, mas não pequeis.” (Efésios 4:26a)

Existem três tipo de reações referente a raiva que aprendi com a bexiga.

1° Caso:

Aquela bexiga que não é nenhum pouco paciente. Enche-se um pouco e logo coloca para fora o ar. A paciência realmente é curta e a falácia é muita. São pessoas que de instante em instante estão reclamando, não aceitando aquilo e nem aquilo outro. A bíblia o chama pessoas assim de tolos. “O que facilmente se ira faz doidices.” (Provérbios 14:17a)

2° Caso:

Aquela bexiga que é enchida as vezes até o limite, mas aos expelir o ar que contém faz muito barulho. É aquele barulho fino, demorado e insuportável. Pessoas que quando ficam com raiva faz contendas e divisões durante dias.

3° Caso:

Aquela bexiga que se enche até estourar e descarrega tudo de uma vez. Você não sabe para onde ela vai, está totalmente descontrolada. Bexigas que até mesmo estouram. Existem pessoas assim. Que por meio da raiva, pecam e “destroem” tudo que está ao seu redor.

É desejo de Deus que nos livremos da ira. Um desafio em tanto para mim e para você, mas que é possível alcançar quando se tem a Paz vinda diretamente do Príncipe da Paz, Jesus Cristo.

Colossenses 3:8

“…mas agora despojai-vos também de tudo isto: da IRA, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca”

I Timóteo 2:8

“Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem IRA nem contenda.”

Que Deus abençoe a tua vida.

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)