PROVÉRBIOS 1 – PARTE 01: MEU PAI

Publicado: 02/01/2012 em Estudos do Livro de Provérbios, Séries Jorae
Tags:

Diante de diversas definições em que Deus se revela para a humanidade, uma das que mais me apego com muito fé é que Deus é meu PAI. Lembro-me deste tema em uma das reuniões do JORAE que oconteciam em minha casa e em uma dinâmica simples foi suficiente para todos que estavam presente refletissem a importância de um pai em suas vidas. Alguns moravam com o pai deste que nasceram. Outros não possuíam seu pai por perto. Outros não chegaram nem a ver seu rosto ou que não lembravam mais de sua fisionomia. Histórias distintas, vidas diferentes naquele momento desabafavam o fato da presença ou ausência de um pai.

No primeiro capítulo do livro de Provérbios, Deus se revela como PAI para mim e para você. Em três versículos, Deus trata conosco da seguinte maneira: FILHO MEU!

Versículo 8

“FILHO MEU, ouve a instrução do teu pai, e não deixes a doutrina da tua mãe.”

Versículo 10

“FILHO MEU, se os pecadores te quiserem seduzir, não o consintas.”

Versículo 15

“FILHO MEU, não te ponhas a caminho com eles, desvia o teu pé das suas veredas,…”

É fantástico este tratamento. Deus não permite um segundo se quer que você esteja sozinho. Ele demonstra que você não é filho de qualquer outro, mas você é filho Dele. A oração do Pai Nosso também inicia com este tratamento: Pai Nosso que estais no céu… Isto parece ser simples, mas muito profundo. Quando leio esses versículos imagino Deus colocando-me em seu colo, pondo minha cabeça em seu peito e falando tais palavras de maneira suave e mansa. Este é o pai chamado Deus, este é o nosso pai.

Infelizmente, muitos jovens não possuem uma referência do ser chamado pai, pois nem todas as famílias são bem estruturadas da maneira que Deus deseja. Cada um toma seu rumo e os que sentem mais a dor são os filhos. Não podemos fechar os olhos para a realidade e esquecer também das pessoas que perderam seus pais quando crianças. Eu sei que existem pessoas que vivem ou viveram situações como essas ou pelo menos parecidas.

Porém, Deus nos dar oportunidade de hoje conhecê-lo como PAI. Esta oportunidade pode ser única, mas ela é suficiente para abraçarmos com todo o nosso coração. Mesmo você com a dor de um pai ausente momentaneamente ou para sempre, quero dizer que existe sim um pai que nunca nos abandonou, sempre esteve por perto, sempre estará perto de nós e que nos ama incondicionalmente. Este amor é capaz de abrir o mar, fazer a terra parar para estar perto de ti. Por mais que a tua mãe terrena vier a te esquecer, Deus garante que todavia não esquecerá de ti em nenhum instante. Este amor de PAI foi capaz de entregar Jesus Cristo a cruz para hoje poder te chamar de Filho. Ele está mais perto de você do que possa imaginar te chamando de FILHO MEU!

Bastar crer e aceitar a partir de hoje ser tratado como Filho pelo Pai. Quero revelar a todos que lêem esta postagem que a melhor coisa que fiz na minha vida foi ter Jesus como meu único e suficiente Salvador e Senhor, pois foi por meio desta decisão que me tornei um Filho de Deus! E neste momento, você deseja tomar esta decisão? Você e Deus neste exato momento. Ficaremos muito felizes em saber a sua decisão positiva.

Que o Deus Pai inunde a sua vida em amor agora,

Por Marcus Queiroz (Líder e Presidente JORAE)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s